24 de jul de 2017

JUSTIÇA DE NATAL DETERMINA PRISÃO DE JERÔNIMO MELO, EX-TITULAR DA SEMSUR




Jerônimo Melo

A Justiça de Natal, através da 7ª Vara Criminal, determinou, em caráter temporário, a prisão de Jerônimo Melo, ex-titular da Secretária Municipal de Serviços Urbanos de Natal (Semsur) em desdobramento da Operação Cidade Luz. A decisão foi do 3º Juiz de Direito Auxiliar, José Armando Ponte Dias Júnior, que incluiu o ex-secretário na lista de investigados no esquema de corrupção envolvendo a secretaria e empresas pernambucanas.
A operação investiga o desvio de R$ 22.030.046,06 da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos. O MPRN teria apurado que o montante desviado é oriundo de superfaturamento e pagamento de propina relativos a contratos firmados entre empresas e a secretaria para prestação de serviços de manutenção e decoração do parque de iluminação pública de Natal.
A prisão temporária foi determinada pelo prazo de 5 (cinco) dias, prorrogável por igual período a critério da Justiça. Os mandados de prisão, contudo, valerão também pelo prazo de cinco dias, quando os investigados presos “deverão ser colocados imediatamente em liberdade, salvo se por outras razões devam permanecer presos”.
Jerônimo Melo deixou a Secretaria de Serviços Urbanos de Natal em maio deste ano, sendo substituído pelo advogado Daniel Bandeira.