JR Variedades

JR Variedades
JR Variedades - A Sua Opção em Variedades

NETFULL - POÇO BRANCO - RN

NETFULL - POÇO BRANCO - RN

Alvamar Adenium Rosas do Deserto

Alvamar Adenium Rosas do Deserto

Kabanna do Açai e Conveniencia - Poço Branco - RN

Kabanna do Açai e Conveniencia - Poço Branco - RN

12 de dez de 2017

ELEIÇÕES 2018: JULIANNE FARIA, ZENAIDE E FÁTIMA BEZERRA, FORMARIAM UM TIME IMBATÍVEL NAS ELEIÇÕES DO PRÓXIMO ANO



De acordo com o vereador, saída da primeira-dama foi “perda irreparável” para a gestão Robinson Faria, pois, segundo ele, ela era quem vinha “dando rumo” no governo

Julianne Zenaide Fátima


O vereador natalense Fernando Lucena (PT) defendeu nesta terça-feira, 12, que a primeira-dama do Estado, Julianne Faria, seja candidata a senadora pelo PT nas eleições de 2018. Na opinião do petista, ela, a deputada federal Zenaide Maia (PR) e a senadora Fátima Bezerra (PT) formariam um “time imbatível” para o pleito do ano que vem.

“Ela tem condições de ser candidata forte a qualquer cargo, pois a atuação dela se destacava no governo. O governo vinha a 10 quilômetros por hora, enquanto ela vinha a 50. Eu acho que a gente ganharia muito com três mulheres: Zenaide para o Senado, Fátima para o Governo e Julianne para a outra vaga ao Senado. São as mulheres que estão dando certo no Rio Grande do Norte. O desastre é feito pelos homens”, opina Lucena.


No cargo desde o início do governo estadual, Julianne Faria deixou o comando da Secretaria Estadual do Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas) no final da semana passada. De acordo com o vereador do PT, a saída da primeira-dama foi uma “perda irreparável” para a gestão Robinson Faria, pois, segundo ele, ela era quem vinha “dando um rumo” no governo.

“Julianne era o pilar de sustentação do governo. Piorou muito com a saída da secretária. O governo agora fica isolado, pois ela era o que tinha de positivo para o povo. Não vejo ninguém em condições de substituí-la. Este governo só tem lua preta, só cara que não brilha. É um governo sem brilho, e Julianne era a única que brilhava. Ficou agora um governo no escuro”, critica o vereador.

Lucena diz ainda que a primeira-dama, atualmente presidente do PSD Mulher no estado, seria “muito bem-vinda” no PT, caso decida ser candidata em 2018. “Se dependesse de mim, ela viria para o PT. Seria muito bem-vinda. A marca dela é de boa administradora e honesta. Ela não se pronunciou ainda, não sabemos o porquê do rompimento, mas que ela é um nome posto na mesa, é”, revela Lucena.

“Quando o PT estava no governo, havia um entrosamento muito bom com ela. Ela tem uma relação boa com o povo, nunca foi conservadora. Ela foi contra o rompimento do governo Robinson com o PT, nunca defendeu o golpe [impeachment de Dilma Rousseff]. Essa é a diferença dela”, acrescenta.

Segundo o vereador, uma chapa com Julianne, Zenaide e Fátima seria “imbatível” porque atualmente só há “candidatos de direita”. “Então, não teria disputa, seria um passeio”, conclui.


Postagens populares