PRODUTOS LUCENA - (84) 3207-8079

PRODUTOS LUCENA - (84) 3207-8079
MAIS QUALIDADE DE VIDA PARA VOCÊ

NETFULL - POÇO BRANCO - RN

NETFULL - POÇO BRANCO - RN

Alvamar Adenium Rosas do Deserto

Alvamar Adenium Rosas do Deserto

JR VARIEDADES

JR VARIEDADES
AQUI VOCÊ ENCONTRA TUDO E COM O MELHOR PREÇO

PROGRAMA AVANÇA POÇO BRANCO

PROGRAMA AVANÇA POÇO BRANCO
EDINHO O AMIGO DE SEMPRE

PARCEIRO DO BLOG - ENZO GRAVAÇÕES & PUBLICIDADE

PARCEIRO DO BLOG - ENZO GRAVAÇÕES & PUBLICIDADE
ENZO GRAVAÇÕES E PUBLICIDADE

16 de dez de 2018

RN: SECRETÁRIO DE TRIBUTAÇÃO DE FÁTIMA BEZERRA FALA EM COMBATER A SONEGAÇÃO E A REABERTURA DOS POSTOS FISCAIS

Carlos Eduardo Xavier e Fátima Bezerra — Foto: Divulgação
Auditor Fiscal desde 2005, foi subcoordenador de fiscalização de automação comercial (SUFAC), atualmente lotado na Coordenadoria de Fiscalização (COFIS), formado em Engenharia de Computação, Mestre em Engenharia de Produção.
O futuro secretário da Tributação destacou que a intenção é caminhar junto com os colegas auditores para realizar ações essenciais, como otimizar o recolhimento de receitas sem aumentar os impostos, aperfeiçoar os instrumentos de combate a sonegação, elevar o percentual de recuperação da dívida ativa, além de ações conjuntas com a Procuradoria Geral do Estado. “Me sinto honrado em colaborar com o futuro governo nesta que é uma área essencial para a retomada do crescimento do RN”, disse Carlos Eduardo.

Em entrevista o futuro secretário fala em combater a sonegação fiscal e reabrir os postos fiscais, fechados desde o ano de 2012, no governo Rosalba Ciarlini e do secretário de tributação José Airton.
Mossró Hoje

GARANHUNS: CANIBAIS SÃO CONDENADOS A 210 ANOS


Em decisão unânime, um júri formado por cinco homens e duas mulheres selou, na noite deste sábado, o destino dos três réus que ficaram conhecidos em todo o país como os “Canibais de Garanhuns”. Jorge Beltrão Negromonte da Silveira, Isabel Cristina Pires da Silveira e Bruna Cristina Oliveira da Silva foram condenados pelas acusações de duplo homicídio triplamente qualificado, ocultação e vilipêndio de cadáver e de furto qualificado. O juiz Ernesto Bezerra Cavalcanti começou a proferir a sentença às 22h50.

Jorge pegou 71 anos de reclusão, enquanto Isabel, 68. Bruna, que também respondia por falsidade ideológica, recebeu 71 anos e 10 meses. Somadas as punições, o trio foi condenado a 210 anos de prisão. A defesa dos condenados já recorreu da decisão. Concordando com a denúncia do Ministério Público e da Polícia Civil de Pernambuco, os jurados consideraram que os três acusados realmente mataram, esquartejaram, enterraram e comeram parte da carne dos corpos de Giselly Helena da Silva, 31 anos, e Alexandra Falcão, 20 anos. Os crimes foram cometidos em fevereiro de 2012, na casa que o trio morava em Garanhuns, no Agreste pernambucano. A sentença ocorreu após dois dias de julgamento. Na sexta-feira, o embate entre acusação durou entre as 10h30 e as 20h30

Neste sábado, o julgamento dos réus recomeçou às 9h20, na 1ª Vara do Tribunal do Júri da Capital, que fica no Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano, na Joana Bezerra, Recife. Bastante concorrida, a sessão foi acompanhada por uma sala de audiência lotada, entre parentes das vítimas, jornalistas e curiosos.

Após o depoimento de Wesley Fernandes, os réus foram interrogados. Na sequência, o julgamento teve o debate entre o promotor de acusação e os advogados de defesa dos canibais. Cada um teve até duas horas e meia para expor seus argumentos. O promotor do caso ainda teve direito a réplica de até duas horas de duração, além de tréplica para a defesa com a mesma duração. Só após o cumprimentos desses procedimentos é que os jurados decidiran se condenavam ou absolviam Jorge, Isabel e Bruna.

Não é a primeira vez que o trio divide o banco dos réus. Em 2014, eles foram condenados pela morte de Jéssica Camila da Silva Pereira, 17 anos, cujo homicídio cometido em Olinda, em 2008, teve os mesmos requintes de crueldade do duplo homicídio registrado no Agreste pernambucano. Jorge foi condenado a 23 anos de prisão, enquanto Isabel e Bruna receberam penas de 20 anos, cada. Todos continuam presos desde 2012.

POÇO BRANCO: VAMOS CONTINUAR DANDO A SUA OPINIÃO, QUEM FOI O VEREADOR DO ANO EM 2018?

Na sua opinião quem foi o vereador do ano? Essa é a pergunta da semana no Blog do Rocha. Quem mais se destacou na sua opinião?
VAMOS CONTINUAR DANDO A SUA OPONIÃO.

Percivaldo Junior 22222
ELEITO
6.59%
610 VOTOS
João Horacio de Gois 25888
ELEITO
5.28%
489 VOTOS
Baba 22555
ELEITO
4.92%
456 VOTOS
Luiz de Joca 25555
ELEITO
4.74%
439 VOTOS
Gue Carneiro 55123
ELEITO
4.64%
430 VOTOS
Joãozinho Cruz 12222
ELEITO
4.03%
373 VOTOS
Rodrigo Lucas 40333
ELEITO
3.84%
356 VOTOS
Galego Cândido 77777
ELEITO
3.75%
347 VOTOS
Junior Cajú 51111
ELEITO
3.40%
315 VOTOS
10°
Júnior Agulha 55000
ELEITO
3.09%
286 VOTOS

POÇO BRANCO: PISO DE AGENTES DE SAÚDE E ENDEMIAS SOBE PARA R$ 1.250,00 EM JANEIRO



A Comissão Mista de Orçamento aprovou na última quinta-feira (13) o relatório final do senador Waldemir Moka (MDB-MS) ao Projeto da Lei Orçamentária de 2019. O texto será analisado na semana que vem no Plenário do Congresso Nacional. O presidente do Senado, Eunício Oliveira, ainda vai marcar a data da votação.

O parecer aprovado traz duas novidades. Primeiro, amplia em R$ 600 milhões os recursos para o custeio da saúde. O dinheiro será usado pelo Ministério da Saúde para bancar o reajuste dos agentes comunitários de saúde e agentes de endemias, previsto na Lei 13.708/18. A lei foi sancionada pelo presidente Michel Temer em agosto com veto ao aumento salarial. Poucos dias após a sanção, o governo enviou a proposta orçamentária à comissão sem a previsão de despesa para o aumento.

Como o veto foi derrubado pelo Congresso em outubro, houve a necessidade de adequar a proposta à despesa salarial, que, por ser prevista em lei, é de caráter obrigatório. “Como foi o Congresso que criou essa despesa, achei que comissão tinha que oferecer uma saída”, afirmou Moka.

O piso atual dos agentes é de R$ 1.014,00 e passará a ser de R$ 1.250,00 a partir de janeiro. O Ministério da Saúde afirma que o impacto do aumento será de R$ 1 bilhão. Os recursos disponibilizados pelo relator-geral garantem parte do impacto no próximo ano.

Bolsa Família

A segunda novidade do relatório final é a retirada de R$ 9,3 bilhões do programa Bolsa Família que estavam na proposta enviada pelo governo como despesa condicionada – os gastos só seriam realizados após o Congresso aprovar, no próximo ano, um projeto de crédito suplementar. Pela proposta orçamentária, dos R$ 29,5 bilhões reservados para o Bolsa Família, 49,9% estavam em despesa condicionada. A medida foi muito criticada no Congresso, que temeu a fragilização do programa social, que atenderá 13,6 milhões de famílias em 2019.

Com o relatório final, restaram como despesa condicionada apenas R$ 6,5 bilhões. O resto está garantido no orçamento e poderá ser executado de imediato. Caso queira reforçar o programa com esse valor, o governo Jair Bolsonaro terá que enviar o projeto de crédito.

Servidores

O relatório final mantém os recursos para bancar o reajuste de 209 mil servidores civis ativos e 163 mil inativos do Executivo em 2019. Os aumentos estão previstos em oito leis de 2016 e 2017. Apesar de o governo ter editado uma medida provisória (MP 849/18) postergando os aumentos, a proposta orçamentária foi elaborada com valores necessários para correção salarial.

A proposta prevê salário mínimo de R$ 1.006 a partir de 1º de janeiro (aumento de 5,45% sobre o atual) e mantém R$ 3,7 bilhões para o programa Mais Médicos, alvo recente de polêmica após o governo cubano "repatriar" os médicos da ilha que atendiam no Brasil.

Entre os ministérios, três tiveram reforço orçamentário em relação aos demais no relatório geral: Desenvolvimento Social (R$ 8,7 bilhões a mais), Saúde (R$ 3 bilhões) e Cidades (R$ 1,4 bilhão). Os aumentos decorrem das emendas apresentadas por deputados e senadores ao projeto orçamentário e focam investimentos e custeio nessas pastas

15 de dez de 2018

CEARÁ-MIRIM: OS VIVAS HOJE É PARA MINHA FILHOTA CECÍLIA ROCHA

A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo Cecilia Rocha, pessoas sorrindo, listras, óculos de sol, selfie e close-up


Quando você nasceu, filha, uma alegria imensa tomou conta de mim. Pegar você nos meus braços pela primeira vez sabendo que você chegou ao mundo perfeita e cheia de saúde, presenteou a minha vida com o meu melhor momento.

Esperada com muito amor desde o início, o passar dos dias só fez aumentar mais ainda este sentimento, me transformando em uma mãe muito orgulhosa por tudo que envolve a filha linda que tenho.

Hoje é um dia muito especial e cheio de felicidade! Desejo que a cada manhã Jesus abençoe seus passos e coloque um colorido especial no seu sorriso tão lindo.

Receba esta mensagem com todo o amor do mundo! Parabéns, minha filha! Feliz aniversário!
Williams Rocha
A imagem pode conter: Cecilia Rocha, em pé

Postagens populares